Foto: Vinícius Emanuel/Secretaria Executiva de Imprensa e Comunicação

A Prefeitura de Limoeiro, por meio da Secretaria de Obras e Infraestrutura, iniciou as obras da nova ponte do município. A via ligará a Rua Santa Cruz, localizada próxima à Praça Comendador Pestana, no Centro da cidade, à Avenida Capibaribe, que fica no bairro da Cidade Alta.

A ponte será construída com o objetivo de melhorar a logística para os moradores dessas comunidades, bem como das comunidades circunvizinhas, que precisam se deslocar rumo ao comércio, e também para as pessoas que partem do Centro de Limoeiro em direção ao outro lado do rio Capibaribe.

Os pontapés iniciais das obras foram as demolições de duas casas, uma na Rua Santa Cruz e a outra na Avenida Capibaribe. De acordo com a Procuradoria Geral do Município e com a Secretaria de Obras e Infraestrutura, os antigos proprietários desses imóveis já foram indenizados pela Prefeitura.

Foto: Vinícius Emanuel/Secretaria Executiva de Imprensa e Comunicação

O artesão Jorge Raimundo, popularmente conhecido no município como “Jorge do Artesanato”, mora na Avenida Capibaribe há 57 anos e está bastante entusiasmado com os primeiros passos para a construção da ponte. “Vai ser uma verdadeira benfeitoria para nós, moradores da Avenida Capibaribe. A minha esposa, por exemplo, precisa pegar um mototáxi para ir ao comércio e outro para voltar para casa. Muitas vezes, também preciso do mototáxi para comprar materiais de trabalho no comércio. Então, com essa ponte, iremos economizar bastante no nosso orçamento. Essa obra será muito benéfica para os moradores da cidade”, afirma.

A dona de casa Maria Valdete, também residente da Avenida Capibaribe, reforça que essa obra é aguardada há muito tempo pelos limoeirenses. “Estávamos esperando por essa ponte há muitos anos. Estamos muito felizes por ver que a obra finalmente está sendo realizada e queremos agradecer à Prefeitura de Limoeiro por essa iniciativa. A nossa comunidade será muito beneficiada, assim como as comunidades da Congal e de Santa Terezinha”, pontua.